242


paparoca.

tenho de dizer que a comida aqui na índia é fantástica. estava à espera de me ver livre da barriga, mas até agora só está um pouco maior.

e isto de nunca cozinhar ainda não me aborrece. há aqui de tudo e bem melhor do que eu consigo fazer (coisa fácil, diga-se).

portanto… a meio da tarde, encontrámos este senhor a cozinhar à janela. vai-se a ver e era um restaurante, o neha. dos melhores da cidade. a sério.

aloo tikki (tem batata e mais qualquer coisa) como cozinharia a minha mãe, se fosse indiana.

saímos dali e para onde fomos? para outro restaurante, o leh view, tomar uma laranjada.

fomos só pela vista, mas valeu a pena o sumo mal endrominado.

com a vista bem absorvida, fomos passear pelo bairro antigo. encontrámos esta loja (a mesma da imagem em destaque, no topo da página) e tentámos comprar um petisco, mas estavam a cozinhar para um casamento… tivemos de nos contentar com um bolo seco do estaminé em frente.
só para que percebam que esta comida é mesmo boa, fiquem a saber que, apesar do aspeto dos lugares, é tudo cozinhado bem fresquinho. são sítios com muitos clientes e vemos tudo a ser elaborado desde o início. é o equivalente de uma tasca com balcão pegajoso em portugal…

Anúncios

3 thoughts on “242

  1. Pingback: acabou-se o que era doce I « andar de levante

diga lá qualquer coisinha

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s