330


330_pa

a pele arrepiou-se com a chegada do tempo fresco. chegámos ao hotel e sentámo-nos a ver o dia chegar. o incenso que deslizava pela manhã, a luz a agarrar as cadeiras. uma casa escura, tradicional. protege-nos do calor e deixa-nos almoçar na sala principal. uma escuridão de mistério, livros sobre artes locais mais do que antigas e aos poucos kerala começa a acordar. agora estamos em kannur…

330_pc 330_pd 330_pe 330_pf 330_p

Anúncios

One thought on “330

  1. Que inveja!!! Inveja das cores, do calor, do mistério e sobretudo da da serenidade que nos consegue transmitir o fumo de um pau de incenso. Por aqui tudo é tempestade… O governo, os partidos, a escola as relações entre as pessoas, ot empo, a chuva que já inundou Tercena por duas vezes… Enfim, um inverno mais do que habitual. Mas há no ar um cheirinho a Natal que nos traz a esperança de que tempos melhores chegarão.
    Boa estadia em Kannur! Eu por cá vou vivendo um dia atrás do outro e vou acompanhando a tua viagem de sonho.
    PS – Só não gosto do desenho do homem ,(colado ao vidro da estante dos livros?). Não consigo entender…
    Um abraço

diga lá qualquer coisinha

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s