#NaPhoPoMo 2013/11



.

ser professora pode ser muito, muito frustrante. em dias como o de hoje sinto-me a caminhar contra uma parede, sem ir a lugar nenhum. é suposto ensinarmos e motivarmos. educarmos e instruirmos. hoje, depois de me esfalfar durante umas boas horas, ficou tudo na mesma. rodopiei pela sala de aula para chegar a todos, para ajudar quem precisava, para cumprir o plano da aula e para motivar os que estavam atrasados.

o sucesso de um professor mede-se muitas vezes pelo progresso dos alunos, além da satisfação pessoal e da vontade de ir trabalhar todas as manhãs. quando não conseguimos ver um resultado imediato do nosso esforço (as aprendizagens adquiridas, os exercícios feitos, as conclusões acertadas), parece que andamos aqui a entreter e a controlar multidões. é desgastante, ainda que muitas vezes seja exatamente o oposto disto. tento lembrar-me da gratificação dos dias que correm bem, dos sucessos e dos momentos mesmo, mesmo bons. faz-me falta uma daquelas reuniões de amigas professoras em que o cansaço se dilui nas conversas e o ânimo volta.

naphopomo11 (1) naphopomo11 (2) naphopomo11 (3) naphopomo11 (4)

enquanto fermentava estes pensamentos e desejava ser uma ninja que parte tudo à sua volta, apareceu-me um chocolate quente e um pôr do sol daqueles raros… menos mau 🙂

naphopomo11 (6)

quando é que chegas, sexta feira?

 

mais deste projeto mensal aqui:

naphopomo 2013

Advertisements

diga lá qualquer coisinha

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s